Ferramentas

O Conselho da Europa, assim como as várias cidades que fazem parte das redes nacional e internacional, e a própria RPCI, desenvolveram várias ferramentas que estão à sua disposição para facilitar os seus programas de diversidade e inclusão intercultural.

Aproveite para conhecer a nossa aplicação: Portugal Incoming (bsb.pt)

ICC INDEX

Os membros que preenchem o questionário – ICC Index – conseguem, de forma repetida e consistente, identificar os padrões de evolução dos seus índices-chave. Isto permite-lhes avaliar, de forma mais científica, o impacto, a longo prazo, das suas políticas e investimentos.

Nota: este conteúdo está em Inglês (disponível em português)

Manual Anti-rumores

Este manual responde à necessidade de sistematizar a abordagem e a metodologia da Estratégia Anti-Rumores. Apresenta ainda exemplos práticos para ajudar cidades e outros intervenientes que se interessem em aprender mais sobre esta iniciativa e em como colocá-la em prática. Consiste em 86 páginas e está em formato PDF

Manual “A Cidade Intercultural Passo a Passo

Este é um guia prático para aplicação do modelo urbano de inclusão intercultural. Consiste em 64 páginas e está em formato PDF.

Teste “Cidadania Intercultural

O objetivo deste teste é aumentar o conhecimento e a consciencialização para os direitos humanos, a competência intercultural, a perceção da diversidade como uma vantagem, e a vontade de agir em prol da interculturalidade. O teste pretende ser uma ferramenta tanto educacional como política – aumentando a consciencialização de cidadãos, profissionais e políticos para a necessidade de definir a cidadania urbana de uma forma pluralística e inclusiva.

Nota: este conteúdo está em Inglês (disponível em português)

Curso online “A cidade Intercultural Passo a Passo”

O curso é composto por conteúdos em formato vídeo que compõem os 6 módulos e termina com uma avaliação. Faça o curso e diga-nos o que achou.

Nota: este conteúdo está em Inglês (legendas em português em breve)

ICC Welcome Pack

Tendo em conta a rápido crescimento da rede, o Programa do ICC desenvolveu um Kit de Boas-Vindas. Esta é uma ferramenta essencial para novos membros, mas também muito útil para os membros existentes.

Nota: este conteúdo está em Inglês

Guia de acolhimento Portugal Incoming

Este guia foi desenvolvido pela Rede Portuguesa das Cidades Interculturais e visa recolher informação útil para todas as pessoas que chegam, vivem e desejam fazer parte da sociedade portuguesa. Reúne informações úteis sobre legislação, regularização, saúde, educação, emprego, segurança social, justiça e cidadania, história e património, um calendário intercultural e uma série de ligações úteis.

Nota: Disponível em português e em inglês.

Consulte ainda os anexos disponíveis:

Exemplo de guia de boas vindas

Materiais pedagógicos sessões de boas vindas

Conteúdos aprendizagem Língua Portuguesa

Glossário Língua Portuguesa

Pode ainda usar a nossa Aplicação: Portugal Incoming (bsb.pt)

Guia de Facilitação de Sessões de Acolhimento

Este guia, desenvolvido pela Rede Portuguesa das Cidades Interculturais, destina-se a pessoas que trabalham no acolhimento de comunidades oriundas de outras geografias recém-chegadas à cidade. Contém sugestões e ideias práticas para conseguir um acolhimento digno de uma verdadeira cidade intercultural!

Nota: está disponível em inglês e português:

Guia para Organizações Interculturais

No âmbito do projeto Recrutamento Inclusivo, a Cooperativa RPCI, em parceria com as Câmaras Municipais de Amadora, Loures e Oeiras criaram este guia para Organizações Interculturais com a finalidade de elucidar as principais dúvidas relacionadas com a contratação de pessoas migrantes.

Vídeo Culinária – Sabores que nos Unem

Este vídeo demonstra como as diferentes culturas e a variedade enorme de alimentos e histórias que fornecem, enriquecem a nossa gastronomia. Vemos as diferenças, mas também as semelhanças entre tradições gastronómicas que coexistem em Portugal e que evidenciam a nossa interculturalidade.

Este conteúdo foi criado no âmbito do projeto “Inclusion Influencers” que surgiu por parte das cidades-membro da RPCI em 2021, e da necessidade de abordar e trabalhar problemas de discriminação identificados nas mesmas, junto de crianças e jovens. Neste projeto contámos com a participação ativa das cidades de Albufeira, Cascais e Viseu. O resultado foi a criação de um Kit de Ferramentas onde constam todos os conteúdos criados e respetivas fichas de atividade para trabalhar o tema com crianças e jovens.

Para saber mais sobre o projeto utilize a hashtag #nãovásnaconversa e leia a notícia aqui.

Ver o vídeo aqui

BD “As coisas nunca são bem o que parecem…”

Esta banda desenhada faz uso de linguagem e exemplos com os quais o público mais
jovem se identifica para fazer refletir sobre como todos contribuímos para a criação
de rumores. O foco foi nos rumores sobre pessoas migrantes estarem ligadas à criminalidade.

Este conteúdo foi criado no âmbito do projeto “Inclusion Influencers” que surgiu por parte das cidades-membro da RPCI em 2021, e da necessidade de abordar e trabalhar problemas de discriminação identificados nas mesmas, junto de crianças e jovens. Neste projeto contámos com a participação ativa das cidades de Albufeira, Cascais e Viseu. O resultado foi a criação de um Kit de Ferramentas onde constam todos os conteúdos criados e respetivas fichas de atividade para trabalhar o tema com crianças e jovens.

Para saber mais sobre o projeto utilize a hashtag #nãovásnaconversa e leia a notícia aqui.

BD “Não tires conclusões precipitadas…”

Esta banda desenhada faz uso de linguagem e exemplos com os quais o público mais
jovem se identifica para fazer refletir sobre como todos contribuímos para a criação
de rumores. O foco foi nos rumores sobre pessoas migrantes estarem ligadas à criminalidade.

Este conteúdo foi criado no âmbito do projeto “Inclusion Influencers” que surgiu por parte das cidades-membro da RPCI em 2021, e da necessidade de abordar e trabalhar problemas de discriminação identificados nas mesmas, junto de crianças e jovens. Neste projeto contámos com a participação ativa das cidades de Albufeira, Cascais e Viseu. O resultado foi a criação de um Kit de Ferramentas onde constam todos os conteúdos criados e respetivas fichas de atividade para trabalhar o tema com crianças e jovens.

Para saber mais sobre o projeto utilize a hashtag #nãovásnaconversa e leia a notícia aqui.

Vídeo – Construção de uma Cidade Inclusiva

Neste vídeo podemos ver e ouvir histórias resumidas de algumas pessoas migrantes da cidade da Amadora. Aqui, eles explicam-nos como se integraram na sociedade Portuguesa, se tornaram autónomas dos apoios do estado e criaram o seu próprio caminho. O foco foi nos rumores que existem sobre a autonomia e empregabilidade
das pessoas migrantes.

Este conteúdo foi criado no âmbito do projeto “Inclusion Influencers” que surgiu por parte das cidades-membro da RPCI em 2021, e da necessidade de abordar e trabalhar problemas de discriminação identificados nas mesmas, junto de crianças e jovens. Neste projeto contámos com a participação ativa das cidades de Albufeira, Cascais e Viseu. O resultado foi a criação de um Kit de Ferramentas onde constam todos os conteúdos criados e respetivas fichas de atividade para trabalhar o tema com crianças e jovens.

Para saber mais sobre o projeto utilize a hashtag #nãovásnaconversa e leia a notícia aqui.

Ver o vídeo aqui

Kit de Ferramentas – Inclusão Intercultural

Este kit de ferramentas surge como resultado do trabalho efetuado no âmbito do projeto
“Inclusion Influencers” – um projeto que surgiu por parte das cidades-membro da RPCI em
2021, e resulta da vontade de abordar e trabalhar problemas de discriminação identificados
nas mesmas. Nomeadamente: as pessoas mais jovens correm o risco de incorporar crenças
errôneas sobre minorias e pessoas migrantes que estão a ser disseminadas nas redes sociais,
e não há suficientes narrativas alternativas para combater essa informação.

Quisemos criar conteúdos lúdicos e interativos no que diz respeito à estratégia anti-rumores, que fossem apelativos para o público mais jovem e que pudessem ser
utilizados de forma didática e reflexiva por todas as pessoas interessadas em trabalhar
estes temas com crianças e jovens.
Estes conteúdos foram idealizados
com três objetivos em mente:

  • utilizar o formato digital para que fossem publicados e partilhados nas redes sociais;
    garantindo o maior alcance de crianças e jovens possível;
  • envolver influencers na criação e divulgação dos conteúdos, para nos aproximarmos da linguagem e dos interesses desse público-alvo;
  • disponibilizar, a pessoal técnico e docente de escolas, municípios e outras instituições (que trabalhem diretamente com crianças e jovens), ferramentas de trabalho, com base nos conteúdos criados, para auxiliar no processo de desconstrução de preconceitos e estereótipos de uma forma lúdica e interativa.

Para saber mais sobre o projeto utilize a hashtag #nãovásnaconversa e leia a notícia aqui.


Precisa de mais informação?

%d bloggers like this: