Governo reforça financiamento de projetos para pessoas LGBTI

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou esta sexta-feira o gabinete da secretária de Estado da Igualdade.

Em comunicado, o gabinete da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade adianta que a verba de 50 mil euros surge através de uma linha de apoio técnico e financeiro lançada hoje, através da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG).

Governo reforça financiamento de projetos para pessoas LGBTI com 50 mil euros (msn.com)

Perfil Intercultural de Loures publicado

Após preenchimento do seu INDEX, a cidade de Loures recebeu a visita do nosso perito, tendo oportunidade de ser reconhecida pelas suas áreas de intervenção mais fortalecidas, bem como obter feedback e ideias práticas para melhoria dos pontos que necessitam ser mais desenvolvidos pela cidade. No final deste processo, recebeu o seu perfil intercultural que agora foi tornado público no site do município. Este INDEX permite às cidades realizar um autodiagnóstico periódico e compreensivo, que abrange todas as áreas de ação do município. Através deste instrumento é potenciada uma reflexão aprofundada e multissectorial sobre as estratégias municipais para a interculturalidade que resulta num alavanque de novas ideias e melhoria das práticas já existentes.

Loures está de parabéns, destacando-se especialmente nas áreas da Educação e das Competências para a Interculturalidade. Pode saber mais sobre os resultados aqui.

Loures entende o potencial intercultural do seu tecido socio-urbano, e demonstra sublimemente como a diversidade cultural dos seus bairros pode ser valorizada, através de iniciativas-modelo como a intervenção comunitária e inclusão através das artes, asseguradas por iniciativas como a Galeria de Arte Pública e a Loures Arte Pública.

:: Loures Município :: Rede Portuguesa de Cidades Interculturais publica perfil do Município de Loures (cm-loures.pt)

Projeto IEUME

O projeto IEUME criou formação online gratuita para migrantes em áreas como a Empregabilidade; Acesso a Direitos na UE; Princípios democráticos e envolvimento cívico; Sistema de Governação e instituições da EU, e Cultura Europeia. Neste âmbito foram criados currículos sobre cada um dos temas, este currículos foram adaptadas para um formato digital e existem também jogos formativos sobre os mesmos temas. Foram ainda criados documentos de apoio a formadores/as e a decisores/as sobre as possibilidades de utilização das ferramentas mencionadas.

Podem obter mais informação em https://www.ieume.com/pt/ .

O projecto encontra-se numa fase final e já está disponível a plataforma educativa gratuita para migrantes / pessoas refugiadas e requerentes de asilo- IEUME, que pode ser acedida através do site do projecto, utilizando o link abaixo:

https://www.ieume.com/elearning/login/index.php

Também é possível utilizá-la no telemóvel ou tablet, acedendo através do Google Play ou da App Store:
https://play.google.com/store/apps/details?id=org.cardet.ieume
https://apps.apple.com/us/app/id1533781866

ACM publica Plano para a Igualdade

O Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM, I.P.), publica esta quarta-feira, dia 27 de janeiro, o seu primeiro Plano Anual para a Igualdade. O documento, que inclui 66 medidas a implementar em 2021, vem reforçar o compromisso e o contributo do Instituto no âmbito da igualdade e da não discriminação.

ACM publica primeiro Plano Anual para a Igualdade – NoticiaDetalhe – ACM

Racismo em Portugal – Currículos escolares, práticas pedagógicas e integração linguística

Currículos escolares, práticas pedagógicas e integração linguística

Marta Araújo (CES –UC)
Anabela Rodrigues (Teatro do Oprimido)
Ana Raquel Matias (CIES-Iscte)
Ana Josefa Cardoso (professora)

25 fevereiro, 2021, 14h00 (GMT)

Seminário #3 | formulário inscrição (google.com)

Ferramentas para campanhas que promovam o pensamento crítico

A nossa cidade Intercultural, Amadora, organiza o evento “Campaign tools to tackle discrimination and promote critical thinking in our cities | URBACT

Este workshop tem enfoque nas ferramentas e campanhas de comunicação para prevenir e combater a discriminação e promover o pensamento crítico. Contará com a partilha de experiências de profissionais de vários países.

Abaixo e em anexo encontram a Agenda e informações mais detalhadas sobre este evento. Podem também consultar o evento através da página URBACT do projeto:

Campaign tools to tackle discrimination and promote critical thinking in our cities | URBACT

Immagine incorporata

IV Fórum Nacional para a Diversidade e Inclusão

A Associação Portuguesa para a Diversidade e Inclusão (APPDI), entidade gestora da Carta Portuguesa para a Diversidade, organiza o IV Fórum Nacional para a Diversidade e Inclusão, intitulado “Olhares Sobre a Diversidade e Inclusão”, que decorrerá já nos próximos dias 23, 24 e 25 de fevereiro.

Ao longo destes 3 dias, terão oportunidade de assistir a conferências e workshops, em formato virtual. Igualdade de oportunidades, inclusão digital, recrutamento inclusivo serão alguns dos temas a abordar nesta IV edição do Fórum (ver programa). No dia 25 de Fevereiro, a APPDI apresentará no plenário anual o plano de atividades para 2021 (exclusivo para os signatários da Carta Portuguesa para a Diversidade), assinalando o lançamento da próxima edição do Selo da Diversidade.

Através da plataforma disponibilizada para o evento, poderão ainda conhecer as áreas de atuação da APPDI e interagir com cada um dos grupos de trabalho.

Por se tratar de um ano excecional, o nosso encontro anual terá entrada gratuita ao longos destes 3 dias.

O acesso à plataforma necessita de uma inscrição prévia, que devem fazer aqui.